Páginas

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Agora sim, está na altura.

Não há palavras. Não há palavras que consigam explicar o que estou a sentir agora. Não estava mesmo à espera desse dia. Eu sabia que irias acabar por conhecer alguém, mas não pensava que seria alguém que eu conheço. Nem acredito que conheceste alguém que pode, infelizmente (para mim e felizmente para ti), corresponder ao que tu procuras numa rapariga. Nunca estamos preparados para saber que a pessoa que tu mais querias fazer feliz e não conseguiste, tem nesse momento alguém que lhe faça. E o pior é que eu pensava que já te tinha esquecido, ao ponto de não mexeres comigo como antes, mas esta notícia foi tão inesperada que caiu-me tudo ao chão. É como se eu tivesse voltado à estaca zero. Como se estivesse a sofrer, uma vez mais, tudo o que já tinha sofrido há 6 meses atrás... Pois, 6 meses passaram-se eu juro que estava bem, porque com o tempo eu fui vendo que não havia volta a dar, nem há! Vi que o tempo e paciência ajudavam muito e o facto de não nos vermos ajudou mais ainda... mas essa "novidade" mexeu comigo de uma forma como se tivesse sido ontem que tínhamos estado juntos, que eu tinha visto esse sorriso e esses olhos fixados nos meus, e as tuas mãos entrelaçadas nas minhas. Como sabia e, ainda, sabe bem relembrar esses momentos que, apesar de terem sido breves, foram de longe os melhores momentos que alguma vez já passei na vida. Tu sabes que vais ser sempre o meu ponto fraco, o meu "quase" e apesar de nem termos chegado a ser "algo", tu vais ser sempre o meu FF.